quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Nenhuma novidade para as próximas eleições municipais, até agora!










Até o momento todos os nomes apresentados pelos partidos que militam em Maragojipe parecem cartas marcadas. O último nome apresentado foi o de Neto do PT, pelo Partido dos Trabalhadores. Neto, que hoje é secretário da PMM, sempre teve o apoio de Ataliba, mas não parece ter a preferência de todos os militantes. Como o PT em Maragojipe tem se fortalecido, sobretudo depois da eleição de Lula a presidência, muitos apostam em seu nome como forte candidato ao cargo. Sua militância politica não é tão longa assim e seus feitos ainda não tem a expressão que a cidade “gosta” de ver.



O arranjo político é que ficará comprometido já que muitos partidos, hoje da base do governo, pensam em lançar candidatura própria, o que, para um governo que vem sendo bombardeado com denúncias , é como um elo fraco na corrente.



Existe uma possibilidade muito grande de que, a depender de como se fechem os acordos políticos, o PT venha a ser derrotado nas urnas pela oposição. Desaparecido nos últimos meses, o DEM maragojipano apareceu nas manchetes e trás à tira-colo, novamente o nome de Raimundo Gabriel. Pode parecer estranho, mas é, dos que se apresentam, o nome mais ameaçador a hegemonia petista. O PDT ainda não confirmou como virá, mas é um sério candidato a tirar os votos do PT. O PCB deve vir mesmo em cima do muro e o PSC, de certo vem com Romário Costa, que tem um grande apoio de base religiosa, mas tem grande antipatia na sociedade. o PCdoB virá com candidato? Quem souber, que diga! Aliás, essa é uma posição que o PCdoB sempre teve. É conveniente esperar sempre e depois se posicionar, esse parece ser o lema. Mas, onde tem partido não podemos deixar de falar em PSB, com a senadora Lídice, que não parece muito contente com as coisas que Ataliba tem aprontado com o diretório maragojipano, já que a nomeação de Luiz Carlos Brasileiro, como secretário de turismos, inclusive, ocorreu sob certa pressão. Sabe-se que a senadora quer fortalecer suas bases no interior da Bahia. E tem ainda o PMDB, que é o partido mais desorganizado desse país. Em cada cidade desse Brasil o PMDB parece ter um acordo, independente se é de esquerda ou de direita. No Brasil, o PMDB é aliado direto de Dilma (PT), inclusive fazendo de Michel Temer o vice-presidente, já na Bahia, por atritos entre Wagner (PT) e Gedel Vieira(PMDB), os bicudos não se bicam. Em Maragojipe não é diferente. Vera da Saúde é, declaradamente, opositora do governo Ataliba, sendo ela, inclusive, a pivô do envio do pedido de impeachment contra o prefeito local. Aliás, será que o PMDB terá coragem de lançar uma mulher como candidata em Maragojipe? Se eu tivesse que apostar uns trocados, diria que NÃO. O PMDB de Maragojipe não parece ter coragem para enfrentar as eleições para prefeito, pelo menos ainda não. Você deve estar se perguntando: “mas Arivaldo não era a bola da vez do PT?” Mas Neto, meu caros, é como Dilma. Ninguém queria, mas o Lula sim. Prevaleceu a vontade dele. Como em Maragojipe o nome de comando no PT é Ataliba, dificilmente Neto ficará fora dessa, e Arivaldo, que sempre entrou em campo, jogou, mas nunca fez um gol, vai voltar, como sempre, ao banco de reservas. Aguardem as eleições! Muita coisa ainda vai acontecer.



By Jorge Dias




Reações:

0 comentários: