segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Vereadores de oposição querem instalação de CPI para apurar fatos denunciados por Arivaldo Vieira

POSTED BY ZEVALDO SOUSA ON 12:48:00



Os vereadores de Maragogipe: Neto do PT, Didi da Avenida e Roque do Trator entraram em comum acordo e fizeram pedido à presidente da Câmara Municipal de Maragogipe, Ana Leite exigindo a instalação de uma CPI (Comissão Paramentar de Inquérito), para apurar as acusações do ex-secretario de Educação, Esporte e Lazer e também ex-Coordenador de Campanha de Vera da Saúde, o Sr. Arivaldo Vieira. 

Hoje, a Câmara de Vereadores, teve rápida mais conturbada sessão que postaremos em breve neste portal.


Veja documento na íntegra:
Sra. Ana Leite do Nascimento
Presidente da Câmara de Vereadores de Maragojipe

Sra. Presidente

Nós abaixo assinados, Vereadores desta Casa Legislativa, tomando ciência das graves acusações efetuadas pelo Ex-coordenador de campanha do PMDB e Ex-secretário de Educação do Município, Sr. Arivaldo Eugenio de Morais Vieira, no qual efetua grave denuncias no tocante a compra de votos durante o pleito eleitoral de 2013, além de afirmar diversas irregularidades no governo atual, inclusive, com o pagamento irregular de salários, contratos milionários, estes publicados no Diário do Município, contratação irregular de funcionários, ato proibido pela Legislação e motivo de atuação do Ministério Público, atos de improbidade administrativa, e, finalmente perseguições políticas a população, vem, com base na Sub-Seção II, das Comissões Parlamentares de Inquérito, no seu art. 26º e seguintes, com seus parágrafos, requerer: A instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito para apuração dos fatos denunciados pelo Ex- Secretário Arivaldo E. de Morais Vieira (declaração publicada no Posted by Zevaldo Sousa) cópia anexa e demais atos praticados pela atual gestão que comprovarão a pratica de improbidade administrativa.
Maragojipe, 18 de fevereiro de 2013

Vereadores assinantes:

Eustilio de Carvalho Neto
Roque dos Passos
Edinaldo da Conceição


Reações:

0 comentários: