segunda-feira, 11 de março de 2013

Câmara de Maragogipe: Lugar de vaias e baderna?


POSTED BY ZEVALDO SOUSA ON 13:48:00

Criticamos na gestão anterior, criticaremos nesta. Lugar de servidor, no horário de expediente, é no trabalho, e não vaiando a atuação dos vereadores de oposição. Repudio qualquer tipo de agressividade, todos devem ser respeitados. Independente de lado partidário.

Realmente, o que estou vendo neste momento em Maragogipe, é a falta de educação, de zelo, de respeito e de cidadania. Baixamos realmente o nível do debate político e público. Voltamos a idade da pedra, onde tudo era resolvido na porrada.

Hoje, na sessão da Câmara de Vereadores de Maragogipe, um simples "BOM DIA" foi o necessário para uma vaia no vereador Ednaldo da Conceição (Didi da Avenida - PSDB) vereador de oposição. O vereador foi homenagear as mulheres e foi recebido com vaias, um ato ridículo por parte de uma assembleia lotada de, em sua maioria, servidores nomeados pela atual gestão. Contudo, vale ressaltar que nem todos todos vaiaram o vereador, mas um grupinho específico. Fico a imaginar quem ficou por trás destas vaias.

As vaias ao vereador, finalizou uma sessão precocemente, e Maragogipe não pode ser discutida, e os pontos importantes de Maragogipe não puderam ser colocados em pauta, as indicações e leis não foram debatidas. 

Na segunda sessão, ocorreu a mesma coisa, mas pelo menos, as pessoas esperavam para ver e ouvir o que estava sendo dito, agora, nem isso. Se parassem para ouvir, veriam que nada tinha de errado na fala do vereador, e se fosse contra a prefeita, o quê que tinha? É obrigação defender a prefeita? Não enxergo a política desta forma, mas enxergo de forma respeitosa.

Gostaria de falar diretamente a presidente da Câmara Ana Leite. Há necessidade de urgente de controle nas intervenções do plenário. É inadmissível que a cidade perca mais uma semana de discussões por motivos inexplicáveis.

A Câmara não pode ser um local de vaias e badernas. As manifestações do plenário devem ter seu devido tempo e os vereadores que representam a todos os maragogipanos devem ter o direito à voz, sem intervenção.

Reações:

0 comentários: