sábado, 9 de março de 2013

Campanha de assinaturas do 'Rede Sustentável' chega a Maragogipe


POSTED BY ZEVALDO SOUSA ON 18:18:00

A partir desta segunda-feira, dia 11 de março de 2013, será iniciada em Maragogipe uma campanha de assinaturas em prol da criação do partido Rede.

O novo partido da ex-senadora Marina Silva começou uma campanha na internet (http://www.brasilemrede.com.br/) para conseguir levantar as 500 mil assinaturas necessárias para registrar a sigla no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em Maragogipe, diversos jovens já fazem parte das fileiras de mobilização do novo partido. Entre eles, Jesse Patrício, Zevaldo Sousa, Alvaro Nobre, Andreilson Guedes, Márcio Reis, André Bomfim, Nelson Querino, Luiz Américo, e outros...

A ideia é fazer um novo grupo que realmente venha a discutir Maragogipe, seus problemas e soluções reais. Os representantes do grupo em Maragogipe tem o apoio de Andreilson Guedes no nível federal e estadual.

Neste momento, a coleta de assinaturas não implica filiação partidária, mas todos aqueles que desejam fazer parte deste novo grupo fique a vontade para procurar a Comissão Municipal.

Para obter o registro e poder disputar as eleições de 2014, as assinaturas de apoio à criação da legenda, que foi batizada de Rede Sustentável, têm de ser apresentadas à Justiça Eleitoral até setembro. Segundo a legislação, o TSE precisa concluir a análise do processo até um ano antes do pleito para que o partido saia do papel. Por isso, a data limite este ano será 4 de outubro.

Segundo Marina Silva, as pessoas que vierem a integrar o futuro partido deverão faze a opção por identidade programática. “Não estamos fazendo recrutamento de parlamentares para integrar a futura legenda. Estamos sendo procurados para conversar por várias pessoas e conversando, na medida do possível.” Marina informou, em entrevista coletiva no lançamento da nova célula partidária, que a legenda vem para quebrar o monopólio que existe entre o PT e o PSDB. Para ela, uma “rede” expressa muito “e o movimento da sustentabilidade é muito maior do que um partido”.

A coleta de assinaturas para criação da nova legenda será feita na rede da internet, por coleta presencial em todo o Brasil. Ela disse que está se esforçando para que, até outubro o partido esteja registrado e em condições de disputar as eleições do ano que vem. Perguntada sobre a possibilidade de se candidatar novamente à Presidência da República, Marina Silva respondeu que ainda não sabe.

Entre no site (http://www.brasilemrede.com.br/) e veja muito mais.

Reações:

0 comentários: