sexta-feira, 5 de abril de 2013

Manifestantes clamam por “Justiça” durante protesto em Cruz das Almas



Paulo Fiúza- okNós somos o povo, queremos justiça”. Com este e outros gritos de protesto dezenas de estudantes, motociclistas e familiares, foram às ruas do centro de Cruz das Almas na tarde de hoje (5) durante uma manifestação pacífica contra o incidente que resultou na morte do jovem Paulo José Fiúza, 22, alvejado com um tiro no peito na última terça-feira (2), durante uma abordagem de um policial militar. Fernando Cardoso Braz, amigo de infância de Paulo Fiuza, disse a nossa reportagem que seu colega era um “menino muito bom”, e que desde os 12 anos de idade trabalhava com o pai (…).   Carregando cartazes e faixas com frases: “Homicídio doloso não pode ficar impune”; “Pedimos Justiça por Você” e, “Saudades sim, tristeza não”, os manifestantes caminharam em direção a Praça Multiuso, onde aconteceria o encerramento, mas alguns manifestantes resolveram estender o protesto com a uma manifestação em frente à casa do soldado da PM. Guarnições da Polícia Militar estão no local. Com informações do FORTE NA NOTÍCIA

Reações:

0 comentários: